quinta-feira, 17 de março de 2011

11ª Rodada de Negócios da Moda Pernambucana movimenta turismo de negócios no Pólo do Agreste

Não são somente as confecções do Pólo do Agreste que esperam faturar durante a 11ª Rodada de Negócios da Moda Pernambucana: o turismo de negócios regional registra com o evento aumento significativo das reservas de hotéis, como também na contratação de transporte particular e emissão de passagens aéreas.  “Estamos realizando levantamento sobre a movimentação voltada ao turismo de negócios, mas já podemos adiantar que a Rodada está hoje entrando no mesmo  beirando a movimentação de grandes eventos regionais, como a Festa de São João, a Paixão de Cristo e a Fórmula Truck, reunindo lojistas de todo o Brasil em Carurau”, conta a consultora Christiane Fiúsa, da J&B Consultores, organizadora da Rodada de Negócios.

Caetano de Oliveira Gomes Filho, proprietário da agência de turismo e viagens MC Rosal que tem sede em Caruaru conta que desde de fevereiro sua equipe trabalha com a emissão de passagens aéreas e reservas de hotéis na região. Como resultado, sua empresa registra aumento de 30% no faturamento em decorrência da Rodada, que promoveu nesta 11ª edição 600 diárias em cinco hotéis de Caruaru. “O evento é muito positivo para as agências locais como a minha, pois temos a oportunidade de fechar negócios diretamente com a organização da Rodada; diferente da semana junina ou semana santa, quando tenho aumento de 10% no faturamento, uma vez que são as agências de turismo de outros estados mais faturam com o evento na região”, conta Caetano.  
A 11ª edição da Rodada recebeu 280 compradores de todo o Brasil, jornalistas de outros estados e vai até amanhã (18/03) com a expectativa de gerar R$ 11 milhões em negócios a curto e médio prazo. É realiza pela Associação Comercial e Industrial de Caruaru (ACIC), através da sua Câmara Setorial da Moda e com apoio da FACEP (Federação das Associações Comerciais do Estado de Pernambuco), SEBRAE, FIEPE, CNI, Governo de Pernambuco, através da sua Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper), Sindivest, Prefeitura Municipal de Caruaru, além das associações comerciais de Santa Cruz do Capibaribe, Surubim e Toritama. A coordenação geral do evento é da J&B Consultores.
Serviço
11ª Rodada de Negócios da Moda Pernambucana
16 a 18 de março, das 10 às 19 horas
Shopping Difusora - Caruaru – Pernambucowww.rodadamodape.com

sábado, 5 de março de 2011

Estreia temporada 2011 da Mostra de Cinema na Cultura

 

Leon Cakoff e Renata de Almeida apresentam nova safra de inéditos no programa da TV Cultura, que chega com um pacote de filmes premiados a partir de 9 de março. O primeiro é uma produção aplaudida em Cannes, Como festejei o fim do mundo

 

São Paulo, 4 de março de 2011Kedma, Exílios, Persépolis, O escorpião de jade, Grindhouse, Império dos sonhos, O escafandro e a borboleta. A temporada 2011 da Mostra Internacional de Cinema da Cultura, que estreia na próxima quarta-feira (9/3) às 22h, promete. A atração dá, assim, seguimento à sua proposta, que é importar para a televisão aberta uma intensa programação de filmes aprovados pela crítica e chancelados pelo festival cinematográfico homônimo. 

 

O projeto e o formato continuam os mesmos, com os apresentadores e curadores Leon Cakoff e Renata de Almeida discutindo os filmes com um convidado nos minutos iniciais do programa.  

 

O que muda, além da nova – e quente - relação de títulos, é a lista de entrevistados. Esta edição abre espaço para profissionais de áreas não necessariamente ligadas à arte, mas que se comunicam com a temática do filme sob outro olhar. No bojo há especialista em política internacional, procuradora de Estado e até representante da Associação Brasileira de Defesa da Mulher, da Infância e da Juventude. Mas claro, críticos e cineastas continuam com cadeira cativa. A ideia é dar diversidade interpretativa às exibições.

 

O longa-metragem que dá início à maratona é Como festejei o fim do mundo (2006). Dirigida por Catalin Mitulescu, critica o poder ditatorial de Nicolae Ceausescu na Romênia sob a perspectiva de dois personagens com trajetórias narrativas diferentes: Lalalilu (Timotei Duma) e sua irmã mais velha, Eva (Doroteea Petre). Enquanto o primeiro se junta aos colegas para fazer travessuras e dar um tom lúdico a todo ambiente que o cerca, Eva enfrenta o autoritarismo do regime ao quebrar, por acidente, o busto do ditador na escola onde estuda. O filme rendeu a Doroteea Petre o prêmio de Melhor Atriz Revelação no Festival de Cannes. Os comentários iniciais ficam por conta de Fabiano Gullane, produtor-executivo da Gullane Filmes.

 

Além da produção meio romena meio francesa, há, na sequência do mês de março, A Alegria de Emma (11/3), Memória de quem fica (16/3), Pelos meus olhos (18/3), Para sempre Lylia (23/3), Às cinco da tarde (25/3) e Persépolis (30/3).