quinta-feira, 30 de setembro de 2010

SESSÃO CINÉFILA de outubro apresenta FILMES DA MOSTRA

Encaminhado por:
Nair Lúcia de Britto 


SESSÃO CINÉFILA de outubro

apresenta FILMES DA MOSTRA

 

 

Neste sábado, dia 02 de outubro, às 12h, a Sessão Cinéfila apresenta o filme Inútil, de Jia Zhang-ke, que conta três histórias sobre vestuário baseados em pessoas que fazem as roupas e pessoas que as vestem.

 

A Sessão Cinéfila acontece sempre aos sábados, às 12 horas, na sala 3 do Espaço Unibanco de Cinema, trazendo para os amantes da sétima arte filmes pouco encontrados no circuito comercial ou produções que foram importantes para a história do cinema. O Espaço Unibanco de Cinema fica na Rua Augusta, 1475. Os ingressos tem preço promocional e custam R$ 5,00.

 

 

***PROGRAMAÇÃO***

 

Dia 02 de outubro

INÚTIL

China/Hong Kong, 2007, 81 min, 10 anos.

Direção: Jia Zhang-ke

Roteiro: Jia Zhang-ke

Fotografia: Yu Lik-wai, Jia Zhang-ke

Montagem: Jia Zhang

Música music: Lim Giong

Um dia quente e úmido em Cantão (Guangzhou). Imersas no barulho tonitruante das máquinas de costura, mulheres trabalham em silêncio numa confecção, sob lâmpadas fluorescentes. As peças ali produzidas serão vendidas para clientes desconhecidos. Do mesmo modo, o futuro de cada trabalhadora na linha de produção é obscuro. Um dia de inverno em Paris. A estilista chinesa Ma Ke prepara num evento espetacular o lançamento de sua nova marca Wu Yong (Inútil). Criadora anti-fashion, ela abomina a linha de montagem. O diferencial em sua linha de roupas é o procedimento de enterrá-las para permitir que a natureza e o tempo dêem o toque final em seu trabalho. Um dia poeirento na região das minas de Fenyang. A pequena loja de um alfaiate atende sua habitual clientela de mineiros, que precisam de reparos em suas roupas e aproveitam para ter animadas conversas. O filme ganhou o Prêmio Horizontes de melhor documentário no festival de Veneza 2007.

 

Dia 09 de outubro

VOCÊS, OS VIVOS

Suécia/ Alemanha / França / Dinamarca / Noruega, 2007, 89 min, 16 anos.

Diretor / Roteiro: Roy Andersson

Fotografia: Gustav Danielsson

Música: Robert Hefter

Elenco: Jessica Lundberg, Elisabet Helander, Björn Englund, Leif Larsson, Olie Olson, Kemal Sener, Gunnar Ivarsson, Håkan Angser Birgitta Persson

Composto por 57 vinhetas filmadas com a câmera estática, Vocês, os Vivos é um filme sobre o ser humano, sobre suas conquistas e misérias, sua alegria e seu sofrimento, sua autoconfiança e ansiedade. Personagens que trazem em comum um aspecto solitário, mesmo quando estão cercados por outras pessoas. Um ser humano de quem se quer rir e também chorar por ele, ou ela. É simplesmente uma trágica comédia ou uma cômica tragédia sobre nós mesmos. A narrativa se passa em Estocolmo e serve universalmente para qualquer lugar ou época.

 

Dia 16 de outubro

HORAS DE VERÃO (L`Heure D`Été)

2008, França, 1h38m30s, color, 14 anos, 35 mm

Diretor: Olivier Assayas

Roteiro: Olivier Assayas, Clémentine Schaeffer

Fotografiia: Eric Gautier

Montagem/Música: Luc Barnier

Elenco: Juliette Binoche, Charles Berling, Jérémie Renier, Edith Scob

As distintas trajetórias de dois irmãos e uma irmã de quarenta e poucos anos se chocam quando sua mãe — que preservava a obra de seu tio, o excepcional pintor do século XIX Paul Berthier —, morre repentinamente. Os filhos são levados ao confronto de suas diferenças. Adrienne, uma bem sucedida designer em Nova York; Frédéric, economista e professor universitário em Paris; e Jérémie, um dinâmico empresário que vive na China, são apresentados às texturas e lembranças do final da infância, às memórias partilhadas, criando uma visão única do futuro.

 

Dia 23 de outubro

VITUS

Suíça, 2006, 117 min, livre.

Diretor: Fredi M. Murer

Roteiro: Peter Luisi, Fredi M. Murer, Lukas B. Suter

Fotografia: Pio Corradi

Música: Mario Beretta

Elenco: Bruno Ganz, Fabrizio Borsani, Teo Gheorghiu, Julika Jenkins, Urs Jucker

Vitus é um garoto superdotado, que parece vindo de outro planeta. Ele tem o ouvido apurado de um morcego, toca piano como um virtuoso e estuda enciclopédias desde os cinco anos de idade. Seus pais antecipam um futuro brilhante para ele. Esperam que ele se torne um exímio pianista. Mas o pequeno gênio prefere brincar com seu excêntrico avô na oficina dele, construindo planadores. Ao fazer um vôo numa das engenhocas, um dramático salto dará a Vitus o controle de sua própria vida.

 

Dia 30 de outubro

Sempre Bela (Belle toujours)

Portugal/França, 2006, 70 min.

Diretor: Manoel de Oliveira

Roteiro: Manoel de Oliveira, Júlia Buisel

Fotografia: Sabine Lancelin

Elenco: Michel Piccoli, Bulle Ogier, Ricardo Trepa, Leonor Baldaque, Júlia Buisel

Manoel de Oliveira faz um tributo a Luís Buñuel, diretor e roteirista, e a Jean-Claude Carrière, roteirista, do filme A Bela da Tarde (Belle de Jour), de 1967. Ele destaca duas das mais estranhas personagens do filme original e as revive, 38 anos depois. O personagem masculino detém um segredo de crucial importância para o estado de espírito da personagem feminina. Eles se reencontram. Ela tenta evitá-lo. Ele a segue e atrai sua atenção para revelar o tal segredo. Ela quer saber o que ele havia contado para o seu marido, quando este estava mudo e paralítico. É uma situação tensa. Ele satisfaz seu sadismo nessa vingança particular contra a mulher. Inspirado em livro de Joseph Kessel.

 

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Centro Cultural BNB-Fortaleza se integra à programação da Bienal Internacional de Dança do Ceará

FORTALEZA, 30.09.2010 – O Centro Cultural Banco do Nordeste-Fortaleza (rua Floriano Peixoto, 941 – Centro – fone: (85) 3464.3108) se integra à programação da Bienal Internacional de Dança do Ceará, através da realização da Mostra Paralela Corpo-Arte-Movimento, que abrange um total de 28 apresentações gratuitas de oito espetáculos, no decorrer do mês de outubro.

Além do CCBNB-Fortaleza, as apresentações de dança acontecerão no Centro Cultural Bom Jardim, EDISCA e CUCA Che Guevara, entre outros, e em espaços culturais localizados nos municípios de Limoeiro do Norte e Guaiúba, no período de 1º (próxima sexta-feira) a 29 deste mês.

Segundo a coordenadora de Artes Cênicas do CCBNB-Fortaleza, Viviane Queiroz, é “uma grande satisfação fazer parte desse importante evento, trazendo artistas e grupos para dentro de nossa sede e também levando-os para outros espaços com os quais o CCBNB desenvolve parcerias e realiza atividades permanentes”.

A coordenadora convida: “esperamos que o público possa desfrutar dessa programação, usufruindo e se integrando a essa manifestação artística tão envolvente como é a Dança”.

Conheça a seguir a programação da Mostra Paralela Corpo-Arte-Movimento:

 

Disritmia

Companhia dos Pés Grandes (CE)

Direção: Heber Stalin

Dia 01, sex, 17h – Praça José de Alencar. Parceria CCBNB & TJA

Dia 08, sex, 17h – Praça do BNB

Dia 15, sex, 17h – Praça do BNB

Dia 22, sex, 17h – Praça do BNB

Dia 29, sex, 17h – Praça José de Alencar. Parceria CCBNB & TJA

“Disritmia” aborda algumas questões que circundam o universo masculino, a partir do corpo, seus sons e nuances. A sensualidade e a molecagem são palavras-chaves do espetáculo. A dança é usada como ferramenta para habitar o tempo e o espaço e de dialogar com a vida. Classificação indicativa: livre. 50min.

 

Folgança

Cia. de Dança do Paracuru (CE)

Direção: Flávio Sampaio

Dia 02, sáb, 20h

Local: Cuca Che Guevara - CUCA Che Guevara. Av. Pres. Castelo Branco, 6417. Barra do Ceará- Fortaleza-CE.

Dia 09, sáb, 19h30

Local: Centro de Educação, Arte e Cultura Portal da Serra – Rua Rodolfo Teófilo, nº 2 – Centro – Guaiúba-CE.

Dia 29, sex, 20h

Local: Teatro Municipal – Limoeiro do Norte-CE.

Folgança é um nome que no século passado usava-se para denominar brincadeiras e jogos corporais, que deixamos de realizar nas praças, nas calçadas e nos parques e que foram trocados por games e jogos eletrônicos. Perdeu o corpo, ganhou a tecnologia. Classificação: Livre. 35min

 

Jeu Rouge

Coletivo Cambada (CE)

Direção: Jonathan Pessoa

Dias 06, qua, 15h e 17h30 e 07, qui, 15h – CCBNB-Fortaleza

Duas cenas ressaltando o Amor e a Morte: um caminho e um destino (traços característicos de Shakespeare). Assim, Cambada aprofunda sua pesquisa sobre a multiplicidade do movimento em JEU ROUGE. Em Exercício: Gestal, primeira cena, as mesmas ações e pausas são executadas em tempos inversos, para retratar duas das principais cenas trágicas do universo shakespeareano. Já em Experimentus et Mortis, o corpo do ator condensa o destino trágico de vários protagonistas shakespeareanos, onde a morte é revisitada como uma fatalidade inevitável. Classificação indicativa: 14 anos. 40min.

 

Sólidos e Frágeis – Segundo Verso

Artelaria Produções (CE)

Direção: Paulo José

Dias 06, qua, 16h e 18h30 e 07, qui, 16h e 18h30 – CCBNB-Fortaleza

Fragilidade/solidez: dançar a (em) liberdade? Solidez/facilidade: estruturas fechadas, sequências em movimentos marcados? Qual é a dança que eu vejo? Qual é a dança que eu danço? Pautados por esses questionamentos e inquietudes, o Núcleo de Doc-Dança da Artelaria Produções apresenta este espetáculo. Classificação indicativa: livre. 39min.

 

Terreiros do Sol e Lua

Vidança (CE)

Direção: Anália Timbó

Dia 09, sab, 10h

Local: Espaço Viva Gente – Avenida Maria Mirtes Pereira, 1010 – Jardim União – Fortaleza-CE

Dia 10, dom, 19h30

Local: Centro de Educação, Arte e Cultura Portal da Serra – Rua Rodolfo Teófilo, nº 2 – Centro – Guaiúba-CE.

A Escola de Artes e Ofícios Vidança é uma escola de pesquisa, criação e ensino da dança. Como extensão também realiza o ensino de ofícios, vinculados às Artes Cênicas. Os instrumentos percussivos usados na apresentação foram construídos pelos próprios alunos. O espetáculo trata das festas e da alegria de se repartirem os trabalhos nos terreiros, luas e sois adentro. Homem, mulher, criança dançando, cantando, trabalhando e se transformando. O sertão é um mar...Nele se tece a trança de inúmeros renascimentos. Classificação indicativa: livre. 35min

 

Embolado

Grupo N Infinito (CE)

Direção: Carlos Antonio e Ricardo Freire

Dia 10, dom, 19h

Local: Centro Cultural Bom Jardim. Rua Três Corações, 400 – Fortaleza-CE.

Dia 15, sex, 18h – Praça do BNB

Dia 16, sáb, 17h30

Local: Projeto Cidadão de Futuro – Praia do Futuro – Fortaleza-CE (acesso exclusivo à comunidade do Projeto)

Dia 21, qui, 16h30

Local: EDISCA – Escola de Dança e Integração Social para Criança e Adolescente (acesso exclusivo para a comunidade da EDISCA) – Água Fria – Fortaleza-CE.

Dia 28, qui, 20h

Local: Teatro Municipal – Limoeiro do Norte-CE.

Espetáculo de apreciação livre, que busca, através do humor e da sátira, produzir um efeito cômico sobre a realidade. O objetivo principal da sátira é o questionamento político, social ou moral - e não cômico... O humor satírico tende, pois, para a sutileza, ironia e uso do efeito cômico. Classificação indicativa: livre. 30min.

 

Mulieres

Teatro Mimo (CE)

Direção: Tomaz de Aquino

Dias 13, qua, 15h30 e 18h30 e 14, qui, 15h30 e 18h30 – CCBNB-Fortaleza

Após seu nascimento, Okina perde-se na floresta e é resgatada pela rainha e levada a tribo. Em meio a ritos de passagens – batizado, puberdade, acasalamento etc. – Okina vai seguindo seu destino e quebrando os dogmas dessa sociedade de mulheres. Tem como ponto de partida a dramaturgia corporal, propondo um espetáculo imagético a partir da mímica, teatro físico, acrobacia e yôga. Classificação indicativa: 12 anos. 60min.

 

Burra - não é nada disso que você está pensando

Alysson Amâncio Cia de Dança (CE)

Direção: Alysson Amâncio

Dias 13, qua, 17h e 14, qui, 17h – CCBNB-Fortaleza

O espetáculo trata do nosso posicionamento como indivíduos perante o coletivo: ou somos manipuladores ou somos manipulados. A inteligência é descobrir a sua própria trajetória, os seus parceiros, as suas afinidades e construir gradativamente o seu discurso, sem nenhum receio de estar indo contra ou a favor da grande massa. Ser inteligente é buscar a harmonia, saber equilibrar as alegrias e as tristezas, a família, o trabalho, as obrigações e o lazer. Sabedoria é enxergar o imenso valor das grandes e das pequenas coisas e fazer disso cotidianamente os nossos milagres. Classificação indicativa: livre. 40min.

 

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

XVIII Semana Acadêmica de História - FURB

XVIII SEMANA ACADÊMICA DE HISTÓRIA:
HISTÓRIA SOCIAL: Estudos e Perspectivas Historiográficas

FURB - Universidade Regional de Blumenau


O Centro Acadêmico de História (CAH-CLIO) e o Departamento de História apresentam a programação para a XVIII Semana Acadêmica de História – FURB!

SEGUNDA-FEIRA
No dia 27 de setembro, a abertura da Semana às 18:45h será com a palestra “Reflexões sobre a metodologia de história social e micro-história” do Professor Dr. Henrique Espada, da UFSC. Auditório do Bloco T

Henrique Espada Rodrigues Lima Filho, formado em Psicologia (UFSC, 1990), Mestre em Letras (UFSC, 1993) e Doutor em História Social (Unicamp, 1999), é professor do Departamento de História da Universidade Federal de Santa Catarina, onde ensina na Graduação e na Pós-Graduação (Mestrado e Doutorado). Suas áreas de pesquisa incluem historiografia, metodologia e teoria da História, além de História Contemporânea e do Brasil (século XIX e XX), com ênfase nos estudos de história social do trabalho, pesquisando as experiências e trajetórias de ex-escravos entre a escravidão e o pós-emancipação, bem como o trabalho doméstico. É pesquisador associado do Centro de Pesquisa em História Social da Cultura (CECULT-UNICAMP) e coordenador Nacional do GT Mundos do Trabalho (ANPUH) entre 2007 e 2011.
Entre março e abril de 2010, foi "lecturer" patrocinado pelo SEPHIS (South-South Programme for Research on the History of Development), tendo realizado conferências na University of Delhi, Jawaharlal Nehru University (Delhi), Indian Institute for Advanced Studies (Shimla), Centre for Studies in Social Sciences (Kolkata) e University of Mumbai.

Livro Publicado

A micro-história italiana: Escalas, Indícios e Singularidades. 1. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2006.


TERÇA-FEIRA
No dia 28, às 18:45h, teremos a palestra “O fenômeno associativo na história do trabalho”, do Professor Dr. Cláudio Henrique de Moraes Batalha, da UNICAMP. Auditório do Bloco T.

Claudio Henrique de Moraes Batalha é licenciado em História pela Universidade Federal Fluminense (1980), bacharel em História pela Universidade Federal Fluminense (1981) e doutor em História pela Université de Paris I (Panthéon-Sorbonne) (1986). Atualmente é pesquisador nível 1 C do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico e professor doutor da Universidade Estadual de Campinas. Tem experiência na área de História, com ênfase em História do Brasil Republica e História Moderna e Contemporânea, atuando principalmente nos seguintes temas: movimento operário, Primeira República e socialismo no Brasil e na França.

Livros Publicados:

Dicionário do movimento operário ̶ Rio de Janeiro do século XIX aos anos 1920: militantes e organizações. 1. ed. São Paulo: Editora Fundação Perseu Abramo, 2009

Culturas de classe: Identidade e diversidade na formação do operariado. 1. ed. Campinas: Editora da UNICAMP, 2004.

O movimento operário na Primeira República. 1. ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2000.

Sociedades Operárias e Mutualismo. Campinas: Arquivo Edgard Leuenroth, 1999

Arquivos e Memória. Campinas: Arquivo Edgard Leuenroth, 1996

Comunistas e Comunismo. Campinas: Arquivo Edgard Leuenroth, 1995

QUARTA-FEIRA
No dia 29, à tarde (14:00h à 17:30h) a oficina
" História Ambiental e História Social
", com o Msc. Martin Stabel Garrote, do GPHAVI – FURB.



No período noturno, às 18:45h, a palestra “Registro de uma vida nos estudos da História Social”, com a Professora Dra. Joseli Mendonça, da UFPR. Intervalo organizado pelo 4° Semestre, e comunicações.

Joseli Maria Nunes Mendonça é doutora (2004) em História pela Universidade Estadual de Campinas, na qual também se graduou (1988) e concluiu mestrado (1995). É professora na Universidade Federal do Paraná. Tem experiência na área de História, com ênfase na História do Brasil do século XIX e da Primeira República, especialmente na História Social do Trabalho e nas relações entre História, Direito e Justiça. Atualmente, pesquisa sobre relações de trabalho no século XIX.

Livros Publicados:

Entre a Mão e os Anéis - a Lei de 1885 e os caminhos da abolição no Brasil - 2ª edição. 2. ed. Campinas: Editora Unicamp, 2008. v. 1. 358 p.

Cenas da Abolição - escravos e senhores no Parlamento e na Justiça. 1ª. ed. São Paulo: Editora da Fundação Perseu Abramo (1ª Reimpressão2007), 2001

Entre a Mão e os Anéis - a lei dos sexagenários e os caminhos da abolição no Brasil. 1. ed. Campinas: Editora UNICAMP, 1999


QUINTA-FEIRA
Na quinta-feira à tarde (14:00h – 17:30h), oficina “A Reforma Agrária e os Movimentos Sociais”.

A noite, palestra "Africanos no Sul do Brasil: notas para uma história social da escravidão em Santa Catarina" com a Professora da UFSC Dra. Beatriz Mamigonian. Auditório do Bloco T - 18:45h

Beatriz Gallotti Mamigonian, bacharel em História pela Universidade Federal de Santa Catarina (1992), mestre e doutora em História pela University of Waterloo, Canadá (1995 e 2002). É professora (nível adjunto IV) do Departamento de História da Universidade Federal de Santa Catarina e integra o Programa de Pós-Graduação em História da mesma universidade. Suas áreas de ensino e pesquisa são: História do Brasil (Colônia e Império) e História Moderna e Contemporânea (História da diáspora africana e da escravidão na era moderna).

Livros Publicados:

The Human Tradition in the Black Atlantic (1500-2000). Boulder: Rowman and Littlefield, 2009. 236 p

"Para inglês ver?" Revisitando a lei de 1831 - Dossiê da revista Estudos Afro-Asiáticos. Rio de Janeiro: Centro de Estudos Afro-Asiáticos - Universidade Cândido Mendes, 2007

SEXTA-FEIRA

Sexta à noite, teremos o espetáculo: 'A Grande Parada', do Grupo VísCeras.

Ingressos a R$ 10 inteira e R$ 5 estudantes.

Sinopse

Fragmentos cotidianos de uma realidade de tensão violenta. Corpos que expandem seu medo e sua audácia em um ambiente onde o controle visa apoderar-se da vida. A Grande Parada - criação a partir da obra de Bertold Brecht - vem a público unindo o Teatro Épico às formas de expressão contemporânea na Arte. Imerge na vida que pulsa no medo e na resistência. Em cena - opressores e oprimidos, ingênuos e traidores, soldados e operários - encontram-se em meio ao terror materializado pela ideia de um povo calado, um reino sem liberdade e um rei sem razão. A representação de cenas vividas pelo povo entre 1933 e 1938 na Alemanha, a cenografia contemporânea e os recursos de mídia permitem um olhar no processo histórico sob a Estética da Arte e sua ideologia de transformação.

Fotos da peça: http://www.flickr.com/photos/photolaps/sets/72157624116536003/


Inscrições para as oficinas devem ser enviadas por e-mail!


Maiores informações:
http://cahclio.blogspot.com/

Contatos
Email: cah.clio@gmail.com

Fone: (47) 91427843 com Vânia ou (47) 8426 7575 com Profª Carla Fernanda da Silva

SULACAP GANHA SEU PRIMEIRO CINEMA

Encaminhado por:
Nair Lúcia de Britto 
 
 
Sulacap ganha seu primeiro cinema

 

 

Com seis salas, incluindo uma com projeção 3D, o Cine10  será aberto para o público no dia 1.º de outubro

 

Dia 1.º de outubro o bairro de Sulacap, Rio de Janeiro, ganha um complexo com seis salas de cinema: é o novo Cine10, uma realização da empresa Inovação Cinemas, em parceria com o Carrefour e financiamento do BNDES (Programa Procult), e do Fundo Setorial Audiovisual, da Ancine – Agência Nacional de Cinema, dentro do programa Cinema Perto de Você.

 

As salas estão localizadas no Carrefour Sulacap, à avenida Marechal Fontenele, 3.555 e pretendem contribuir na democratização do acesso ao cinema pela sua localização e por uma política de preços especial. Vários projetos de formação de público, como Clube do Professor, Projeto Escola no Cinema, Sessão Popular, vão incrementar a programação do Cine10.

 

A Inovação Cinemas tem como sócios Adhemar Oliveira, do Circuito Espaço de Cinema, e Thierry Peronne, da Investimage.  Adhemar é responsável pela implantação de vários circuitos de cinema em todo Brasil e Thierry é especialista em investimento na área do audiovisual. Dentro desta parceria, o projeto prevê a construção de diversos complexos Cine10, que serão construídos em áreas dos supermercados Carrefour, instalados em vários centros urbanos do país. O Bairro do Limão, em São Paulo, abrigará o segundo complexo do projeto.

 

O Cine10 Sulacap tem um total de 1373 lugares divididos em seis salas, incluindo 28 lugares para portadores de necessidades especiais. As novas salas têm formato stadium e são equipadas com som dolby digital, projetores italianos Cinemeccanica de última geração, projetor digital 3D, projeção digital, e poltronas modernas numeradas.

 

Ficha Técnica:

 

Endereço:

Carrefour Sulacap

Avenida Marechal Fontenele, nº 3.555

Bairro Jardim Sulacap, RJ - 21740-001

Site: www.cine10.com.br

 

 

Detalhamento do Cinema:

Sala 1 (3D) -       398 + 8 para portadores de necessidades especiais  – total: 406

Sala 2 -                  230 + 5 para portadores de necessidades especiais  – total: 235

Sala 3 -                  250 + 5           para portadores de necessidades especiais  – total: 255

Sala 4 -                  234 + 5           para portadores de necessidades especiais  – total: 239

Sala 5 -                  134 + 3           para portadores de necessidades especiais  – total: 137

Sala 6 -                  99 + 2 para portadores de necessidades especiais  – total: 101

 

Total lugares 1373

Assentos Numerados

Bomboniere

Ar-condicionado

Projetores Cinemeccanica

Projetor 3D - Christie

Bilheteria Informatizada

Estacionamento Gratuito

 

Valores dos Ingressos:

EXIBIÇÕES 2D

 

 

SEX A DOM E FERIADOS ATÉ 17H

R$     12,00

SEX A DOM E FERIADOS APÓS 17H

R$     14,00

SEG E QUINTA ATÉ 17H

R$       8,00

SEG E QUINTA APÓS 17H

R$      10,00

TERÇA E QUARTA PREÇO ÚNICO

R$       6,00

SESSÃO POPULAR

R$       4,00

 

 

 

EXIBIÇÕES 3D

 

SEX A DOM E FERIADOS ATÉ 17H

R$     16,00

SEX A DOM E FERIADOS APÓS 17H

R$     18,00

SEG E QUINTA ATÉ 17H

R$     12,00

SEG E QUINTA APÓS 17H

R$     14,00

TERÇA E QUARTA PREÇO ÚNICO

R$    10,00

Observação: Crianças até 12 anos, Maiores de 60 anos e Estudantes - 50% de desconto, exceto às terças e quartas (Promoção Preço Único) 

Programação de 01 a 07/10/2010

 

Sala 1             RESIDENT EVIL 4 – RECOMEÇO 3D (Resident Evil: Afterlife)

                        Direção: Paul W.S. Anderson - Reino Unido/Alemanha/EUA

2010 - 97 min. - 16 anos

Gênero: Ação / Terror / Suspense

Distribuição: Columbia

Elenco: Milla Jovovich, Ali Larter e Kim Coates

Sinopse: Em um mundo devastado por uma infecção viral, no qual as vítimas tornaram-se semi-mortos, Alice continua sua jornada em busca de sobreviventes, levando-os a um lugar seguro. Sua batalha mortal contra a Corporação Umbrella atinge um novo patamar, mas Alice recebe a ajuda inesperada de uma velha amiga. Uma pista promete um refúgio em Los Angeles, mas, quando chegam lá, descobrem que a cidade está tomada por mortos-vivos, e Alice e seus aliados estão prestes a entrar em uma armadilha.

Horários: 14h40 – 17h - DIGITAL DUBLADO

Horários: 19h20 – 21h40 - DIGITAL LEGENDADO

 

Sala 2             OS VAMPIROS QUE SE MORDAM (Vampires Suck)

Direção: Jason Friedberg – EUA - 2010 – 86 min. - 14 anos

Gênero: Comédia

Distribuição: Fox Films

Elenco: Ken Jeong, Matt Lanter, Anneliese van der Pol, Charlie Weber, Chris Riggi e

 Marcelle Baer

Sinopse: Sátira de Crepúsculo e Eclipse, longa traz Becca, adolescente ansiosa que não é vampira, está indecisa entre dois garotos. Antes que consiga escolher, ela precisa lidar com o pai controlador, que a faz passar vergonha tratando-a como criança. Enquanto isso, os amigos de Becca' se veem às voltas com seus dilemas amorosos -, e tudo vem à tona na festa de formatura da escola.

Horários: 14h – 16h – 18h – 20h – 22h

 

Sala 3             COMER, REZAR E AMAR (Eat, Pray, Love)

Direção: Ryan Murphy – EUA - 2010 – 140 min. – 12 anos

Gênero: Drama

Distribuição: Columbia

Elenco: Javier Bardem, Julia Roberts, James Franco, Billy Crudup, Richard Jenkins e          Viola Davis

Sinopse: Liz Gilbert  tinha tudo o que uma mulher moderna deve sonhar em ter – um marido, uma casa, uma carreira bem-sucedida – ainda sim, como muitas outras pessoas, ela está perdida, confusa e em busca do que ela realmente deseja na vida. Recentemente divorciada e num momento decisivo, Gilbert said a zona de conforto, arriscando tudo para mudar sua vida, embarcando em uma jornada ao redor do mundo que se transforma em uma busca por auto-conhecimento. Em suas viagens, ela descobre o verdadeiro prazer da gastronomia na Itália; o poder da oração na Índia, e, finalmente e inesperadamente, a paz interior e equilíbrio de um verdadeiro amor em Bali. Baseado no best-seller autobiográfico de Elizabeth Gilbert, Comer, Rezar, Amar prova que existe mais de uma maneira de levar a vida e de viajar pelo mundo.

Horários: 15h30 – 18h20 – 21h10

 

 

Sala 4             NOSSO LAR

Direção: Wagner de Assis – Brasil - 2010 – 115 min. - 10 anos

Gênero: Drama

Distribuição: Fox Films

Elenco: Renato Prieto, Fernando Alves Pinto, Paulo Goulart, Werner Schünemann

Sinopse: A jornada de um médico após sua morte. Ele acorda num mundo espiritual e vê desde os primeiros dias, numa dimensão de dor e sofrimento, até ser resgatado para uma cidade espiritual chamada Nosso Lar.

Horários: 14h – 16h30 – 19h – 21h30

 

Sala 5             A RESSACA (Hot Tub Time Machine)

Direção: Steve Pink – Canada/ EUA - 2010 – 99 min. - 16 anos

Gênero:  Comédia

Distribuição: Imagem Filmes

Elenco: John Cusack, Lizzy Caplan, Crispin Glover

Sinopse: Tédio, frustrações e decepções. É isso o que resume a vida de quatro caras que não aguentam mais o marasmo de suas vidas. Adam foi deixado pela namorada, Lou é um cara que adora festas mas só leva fora da mulherada, Nick  tem a esposa na sua cola e Jacob é um nerd viciado em video-game que não sai de casa. Depois de uma noitada de muita bebedeira, eles acordam no ano de 1986. Uma nova chance para eles viverem o passado e mudar totalmente o futuro. Pelo menos enquanto ainda há tempo!

Horários: 14h50 – 17h10 – 19h30 – 21h50

 

Sala 6             COMO CÃES E GATOS 2 – A VINGANÇA DE KITTY GALLORE 3D

                        DUBLADO

(Cats & Dogs: The Revenge of Kitty Galore)

Direção: Bras Peyton – EUA – 2010 – 82 min. - Livre

Gênero: Animação

                        Distribuição: Warner Bros.

Sinopse: Kitty Galore, uma ex-colaboradora da organização MEOWS de espiões felinos, está cada vez mais pirada e bolou um plano maligno para, além de derrotar de vez seus inimigos caninos, também derrubar seus ex-companheiros de espionagem e transformar o mundo em seu arranhador de estimação. Diante dessa ameaça sem precedentes, cães e gatos serão obrigados a unir forças pela primeira vez na história em uma aliança que poderá salvar suas vidas – e as de seus humanos.

Horários: 14h – 16h

 

SESSÃO POPULAR

UMA NOITE EM 67 – EXIBIÇÃO DIGITAL

Direção:  Renato Terra e Ricardo Calil – Brasil - 2010 – 85 min. - Livre

Gênero: Documentário

Distribuição: Vídeo filmes

Sinopse: Final do III Festival de Música Popular Brasileira da TV Record. Nomes fundamentais da MPB se reúnem no mesmo palco para competir entre si com canções que se tornariam emblemáticas, mas que naquele momento eram inéditas. Entre os finalistas, estavam Chico Buarque e MPB 4, com Roda Viva; Caetano Veloso, com

 

Alegria, Alegria; Gilberto Gil e os Mutantes, com Domingo no Parque; Roberto Carlos, com Maria, Carnaval e Cinzas; Edu Lobo, com Ponteio e Sérgio Ricardo, com Beto Bom de Bola.

Horários: 18h

 

5 X FAVELA – AGORA POR NÓS MESMOS

                                   Direção: Cacau Amaral, Cadu Barcelos, Luciana Bezerra, Manaira Carneiro, Rodrigo Felha, Wagner Novais e Luciano Vidigal – Brasil

2010 – 101 min. - 14 anos

Gênero: Drama

Distribuição: Columbia

Elenco: Marcio Vito, Gregório Duvivier, Hugo Carvana e Silvio Guindane

Sinopse: Em 1961, cinco jovens cineastas de classe média, oriundos do movimento estudantil universitário, realizaram o filme Cinco Vezes Favela. Cacá Diegues, Joaquim Pedro de Andrade, Leon Hirszman, Marcos Farias e Miguel Borges eram aqueles jovens que tornaram o filme um marco do cinema moderno brasileiro e um dos fundadores do Cinema Novo. Passados 50 anos, Cinco Vezes Favela, Agora por Nós Mesmos reúne dessa vez jovens cineastas moradores de favelas do Rio de Janeiro, treinados e capacitados a partir de oficinas profissionalizantes de audiovisual ministradas por grandes nomes do cinema brasileiro. O projeto apresenta cinco filmes de ficção, de cerca de 20 minutos cada um, sobre diferentes aspectos da vida em suas comunidades.

Horários: 19h40 – 21h40

 

Informações na F & M ProCultura com Margarida Oliveira e Daniele Tomadon

 tel. 11.3263.0197 / margom@uol.com.br / daniele@procultura.com.br