quarta-feira, 21 de junho de 2017

Mostra Sesc Cariri de Culturas recebe inscrições de artistas de todo país


Estão abertas até o dia 30 de junho as inscrições para a 19ª edição da Mostra Sesc Cariri de Culturas, que acontece de 10 a 14 de novembro, no Ceará. Grupos e artistas de todo o país nas áreas das artes cênicas (teatro, circo, dança), audiovisual, artes visuais, literatura e música podem se inscrever gratuitamente pela internet, no site oficial do evento.
                                     
A seleção dos artistas será feita por uma curadoria formada por técnicos de cultura do Sesc, além de artistas e profissionais da área. No campo das culturas populares, o artista ou grupo será convidado pelo Sesc, não sendo necessária a inscrição na seleção. O resultado final será divulgado no dia 16 de agosto. 

O evento não tem caráter competitivo e se apresenta como espaço de estímulo à produção nas diversas áreas artísticas, com proposta de intercâmbios interdisciplinares para desenvolvimento de projetos colaborativos nas mais variadas categorias.

SERVIÇO
Inscrições 19ª Mostra Sesc Cariri de Culturas

Prazo: até 30 de junho

Inscrições: http://www.mostracariri.com.br/
Edital completo: http://mostracariri.sesc-ce.com.br/wp-content/uploads/2017/05/EDITAL-Mostra-Cariri-2017.pdf
Informações: inscricao@mostracariri.com.br


UFSCar oferta MBA em Restauração, Licenciamento e Adequação Ambiental no Campus Sorocaba



Curso de especialização está com inscrições abertas até o dia 30 de junho

A Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) está com inscrições abertas até o dia 30 de junho para o curso de Master of Business Administration (MBA) em Restauração, Licenciamento e Adequação Ambiental ofertado no Campus Sorocaba. O curso de especialização tem o objetivo de preparar, atualizar e formar profissionais com conhecimentos técnico-científicos para atuar no planejamento, implantação e monitoramento de projetos e atividades de restauração de áreas degradadas e adequação de propriedades rurais, com base em princípios legais, técnicos e ambientais.
Na grade curricular constam disciplinas como Planejamento de Bacias Hidrográficas; Ferramentas de Geoprocessamento para a Adequação Ambiental; Ecologia e Conservação; Legislação Florestal; Parâmetros de Solos para a Restauração Ecológica; Monitoramento e Controle de Pragas Florestais, entre muitas outras.
O MBA é destinado a profissionais com formação acadêmica nas áreas de Ciências Agrárias (Agronomia, Engenharia Florestal, Engenharia Agrícola e Zootecnia), Biologia e Engenharia Ambiental e também a pessoas vinculadas às áreas técnicas, gerenciais e estratégicas de empresas de consultoria ambiental ou autônomos e a profissionais que possam vir a ocupar cargos de gestão ambiental em empresas públicas ou privadas. A seleção será realizada por ordem de inscrição e análise do currículo; as inscrições para o processo seletivo devem ser feitas até 30 de junho pela Internet, em mbaradufscar.wixsite.com/radufscar.
O curso terá duração de 376 horas divididas em quatro módulos e será ministrado a partir de julho de 2017 até dezembro de 2018. As aulas serão concentradas aos sábados, das 8 às 12 horas e das 14 às 18 horas, nas dependências do Campus Sorocaba da UFSCar. Mais informações sobre o curso estão no site mbaradufscar.wixsite.com/radufscar. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo telefone (15) 99810-8831 ou pelo e-mail mba.rad.ufscar@gmail.com.

UFSCar tem inscrições abertas para MBA em Gestão Ambiental e Sustentabilidade


Curso tem duração de 24 meses e o início da nova turma está previsto para o 2º semestre de 2017

O curso de especialização Master of Business Administration (MBA) em Gestão Ambiental e Sustentabilidade do Campus Sorocaba da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) está com inscrições abertas para a formação de nova turma para início no 2º semestre de 2017.
O objetivo do MBA é compartilhar conhecimentos em gestão tendo como foco a sustentabilidade, uma vez que a demanda contemporânea por produtos e serviços que utilizam recursos naturais exige uma responsabilidade socioambiental cada vez maior das instituições públicas e privadas e dos profissionais que nelas atuam.
O curso oferece disciplinas com tópicos em economia, certificação e licenciamento ambiental, planejamento ambiental participativo, gestão de recursos, gestão de projetos e negócios, entre outros. O corpo docente é formado por professores doutores da UFSCar que atuam na área de sustentabilidade, além de especialistas e profissionais com reconhecida competência no setor.
Podem se inscrever formados em nível superior que desejam conhecimentos para planejar, gerenciar e aprimorar a gestão de organizações com foco na sustentabilidade, considerando simultaneamente questões ambientais, sociais e econômicas. As inscrições devem ser feitas pelo site do MBA (www.mbagas.ufscar.br) até o dia 31 de julho.
O processo seletivo é composto por entrevista com os candidatos. O curso tem a duração de 24 meses, com aulas presenciais em sábados alternados, das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas, no Campus Sorocaba da UFSCar.
Mais informações sobre o curso e as inscrições estão disponíveis na página da especialização, em www.mbagas.ufscar.br. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo e-mail mbagas@ufscar.br, pelo WhatsApp (15) 99657-3017 ou telefone (15) 98119-6237.

quinta-feira, 8 de junho de 2017

Inscrições abertas para pós-graduação na Metodista

 

 

São 66 opções de cursos disponíveis nas modalidades presencial e a distância

 

 

 

Administração_02 webSão Bernardo do Campo, 8 de junho de 2017 – Para quem busca complementar os estudos com especialização, a Universidade Metodista de São Paulo está com inscrições abertas para pós-graduação presencial e a distância. São 66 opções de cursos, disponíveis nas áreas de Comunicação, Gestão e Negócios, Saúde, Humanidades, Exatas e Tecnologia. As inscrições seguem até 26 de julho na modalidade presencial e 24 de julho na EAD. A maioria das pós tem turmas confirmadas, pois as disciplinas são modulares, por semestre, o que permite aprendizado em fluxo contínuo.

São 28 opções de módulos presenciais, com destaque para os cursos de Comunicação Empresarial, Gestão Inteligente: Liderança, Coaching e Inovação,  além de Gestão Estratégica de Pessoas e Psicologia Organizacional, que tem como objetivo capacitar profissionais para assumir cargos de gestores, levando em conta as mudanças das relações de trabalho.

Já na EAD são 38 opções, entre as quais Administração da Produção e Operações, Direitos Difusos e Coletivos e Gestão de Conteúdo em Comunicação: Jornalismo, esta última com objetivo de apresentar as novas ferramentas da comunicação e como atingir o público da internet por meio da produção de conteúdo.

Ex-alunos Metodista têm descontos nos cursos de pós-graduação, podendo optar por isenção da matrícula ou 20% de desconto na mensalidade. Mais informações em portal.metodista.br/.  

 

XVII Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros divulga datas e atrações

 
Tema da edição: “Cerrado das Águas”
Programação inclui shows, oficinas e intervenções artísticas e comemora os 20 anos da Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge
 

São Paulo, 8 de junho de 2017 – Há 17 anos, na segunda quinzena do mês de julho, algo mágico acontece na Vila de São Jorge, distrito de Alto Paraíso de Goiás, onde fica a entrada do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros: toda a região se mobiliza para a realização do Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros - ECTCV. Um simbólico grito de resistência na luta pela conservação ambiental e das tradições culturais existentes no Brasil. O evento reúne representantes de comunidades de diversas regiões do País em atividades que valorizam e celebram a cultura desses povos, assim como debatem as formas de preservá-las. A programação conta com 15 dias de apresentações culturais, incluindo cortejos, giros de folia, alvoradas, congadas, oficinas, vivências indígenas, shows, mostras de filmes, exposições, apresentações teatrais, palestras e rodas de prosa.

Etapas e atrações
De 15 a 21 de julho, a Aldeia Multiétnica, primeira etapa do Encontro de Culturas, reúne povos indígenas de todo o Brasil para apresentações culturais e trocas multiétnicas, evidenciando suas culturas, celebrando o encontro dos povos e o fortalecimento de suas raízes.

De 22 a 30 de julho, representantes da cultura popular tomam as ruas e os palcos da vila de São Jorge.

Entre os dias 22 e 24, a comunidade do Sítio Histórico Kalunga assume o comando das festividades com o IV Encontro Quilombola da região da Chapada dos Veadeiros e apresenta fragmentos da Festa do Divino Espírito Santo, importante festejo religioso da comunidade, além de realizar discussões referentes à saúde, educação, cultura e sustentabilidade do povo Kalunga. 
 
Nomes como Chico César, Doroty Marques e a Turma Que Faz, Alessandra Leão e Caçapa, Conrado Pera, Silvan Galvão, Rosangela Silvestre, Mestre Solano, Passarinhos do Cerrado e o grupo Fulô da Aurora já estão confirmados. Os grupos tradicionais veteranos do Encontro, como o Congo de Niquelândia (GO), os grupos de cultura popular do Sítio Histórico Kalunga (GO), a Caçada da Rainha de Colinas do Sul (GO), a Catira e Folia de São João D’Aliança (GO), o Terno de Moçambique do Capitão Júlio Antônio (MG) e o Tambores do Tocantins (TO) continuam a fazer parte da programação principal. 


 
Chico César
Chico César, uma das atrações do ECTCV


Cultura da preservação
 
Reconhecendo que resultados significativos serão alcançados apenas se as políticas de meio ambiente forem alinhadas às políticas sociais, a XVII edição do Encontro fortalecerá os debates em torno da sociobiodiversidade brasileira, com foco nas águas do Cerrado, abrindo novas perspectivas de uso sustentável da biodiversidade e da sabedoria popular pertencentes aos territórios das comunidades tradicionais. Com o tema “Cerrado das Águas”, visa promover e debater a preservação do bioma, considerado a caixa d’água do Brasil, pois abriga nascentes de rios que beneficiam oito das 12 grandes bacias hidrográficas do País e está em constante risco devido ao desmatamento causado pela expansão agrícola. Além disso, as discussões abordarão a recente ampliação do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, importante conquista da região, cuja área aumentou de 65 mil hectares para 240 mil hectares em maio de 2017. O evento deste ano também marca o aniversário de 20 anos da Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge (CCCJ), que o criou e realiza há 17 anos.
 
Sobre a motivação por trás da iniciativa, Juliano George Basso, presidente da CCCJ, explica: "Nosso propósito foi criar um território dentro do bioma Cerrado, em meio ao Planalto Central, onde povos e comunidades tradicionais tivessem a oportunidade de mostrar sua arte, beleza, tecnologias sociais, saberes, fazeres, seu patrimônio cultural tão rico”, explica. “O Encontro é um momento de celebração, a oportunidade para que elas, que vêm de diferentes regiões do Brasil, se encontrem e troquem conhecimentos entre si”. 
 
Para Juliano, o Encontro é sinônimo de desenvolvimento social, humano e econômico da região da Chapada dos Veadeiros. Com apenas 800 habitantes, durante o evento o vilarejo de São Jorge recebe pessoas do mundo inteiro, movimentando o turismo local. Para muitas comunidades participantes, o Encontro representa uma importante fonte de geração de renda, por conta do dinheiro arrecadado com a venda de artesanato e outras atividades comerciais no evento.
 
 
Serviço
O que: XVII Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros
Quando: 15 a 30 de julho de 2017
Onde: Vila de São Jorge, Chapada dos Veadeiros, GO
Mais informações: www.encontrodeculturas.com.br

 

"Crônica da demolição" conta a história do Palácio Monroe, antiga sede do Senado Federal"




Patrimônio histórico brasileiro foi demolido há 40 anos e hoje abriga uma praça vazia e um estacionamento


O documentário "Crônica da demolição" entra em cartaz no Cine Matilha, dia 13 de junho, com entrada gratuita. O documentário conta a história do Palácio Monroe, antiga sede do Senado Federal, que foi demolido há 40 anos e hoje abriga uma praça vazia com um chafariz seco e um estacionamento subterrâneo.

Sobre o Palácio Monroe
A história do Palácio Monroe (Rio de Janeiro, 1906-1976) sintetiza e revela importantes questões sobre o Brasil do século XX: não só no que refere à arquitetura e ao urbanismo, como principalmente às noções de modernidade e patrimônio. 

O Palácio foi um marco da Avenida Central, situado em um dos pontos mais nobres da avenida que se tornou símbolo da modernização do Rio no início do século XX: a Praça Mahatma Gandhi, na ligação da Cinelândia com a Avenida Beira-Mar. Ao longo da sua existência, o Palácio abrigou diversas instituições, sendo a mais notória o Senado Federal, que lá ficou sediado entre 1925 e 1960 (excetuando-se parte da Era Vargas, quando o Congresso foi fechado). 

Com a transferência da capital federal para Brasília, o Palácio Monroe começa a se fragilizar no cenário de uma cidade em transformação intensa, entre os anos 1960 e 1970. Sua demolição, em 1976, nunca foi totalmente esclarecida.

Sobre o diretor
Eduardo Ades dirigiu, escreveu e produziu o documentário para TV Retratos brasileiros: Hélio Silva (Canal Brasil, 2011) e o curta A dama do Estácio (2012), com Fernanda Montenegro e Nelson Xavier, vencedor de inúmeros prêmios no Brasil e exterior. Diretor dos documentários Torquato neto, Anjo torto e Anna e Alberto (ambos em pós-produção).

Classificação Livre
Sinopse
Em 1976, no Rio de Janeiro, o Palácio Monroe foi demolido e em seu lugar foi construída a praça Mahatma Gandhi, na Cinelândia. Antiga sede da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, em momentos distintos, o local foi alvo de uma intensa campanha difamatória sob a alegação de que trazia prejuízos estéticos à área. O documentário investiga esta situação, revelando os jogos de poder existentes por trás da decisão pela demolição.

Data de lançamento 11 de maio de 2017 (1h 29min)
Direção: Eduardo Ades
Elenco: atores desconhecidos
Gênero Documentário
Nacionalidade Brasil

Datas de exibição:
13/06 (3ª feira) e 20/06 (3ª feira)
19h
14/06  (4ª feira) e 21/06 (4ª feira)
15h e 19h

Sobre o Cine Matilha:
O Cine Matilha é um ambiente "pet-friendly" e recebe constantemente o público com seus pets . O espaço possui 68 lugares, além de 2 lugares para cadeirantes. 
Programação totalmente gratuita
Sobre a Matilha Cultural:
Com oito anos completados em maio de 2016, a Matilha Cultural é uma entidade independente e sem fins lucrativos instalada em um edifício de três andares, localizado no centro de São Paulo. Integra um espaço expositivo, sala multiuso, café, além de um cinema com 68 lugares. Fruto do ideal de um coletivo formado por profissionais de diferentes áreas, a Matilha foi aberta em maio de 2009 e tem como principais objetivos apoiar e divulgar produções culturais e iniciativas socioambientais do Brasil e do mundo.
MATILHA CULTURAL - www.matilhacultural.com.br
Rua Rego Freitas, 542 - São Paulo - Tel.: (11) 3256-2636
Horários de funcionamento: terça-feira a domingo, da 12h às 20h/ exceto sábados: 14h às 20h
Wi-fi grátis. Cartões: VISA (débito/ crédito)
Entrada livre e gratuita, inclusive para cães

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Tarde científica - Pq Cientec

 
https://www.facebook.com/events/1912015402417738/?context=create&previousaction=create&ref=5&page_id_source=523342594420462&sid_create=4235934401&action_history=[%7B%22surface%22%3A%22create_dialog%22%2C%22mechanism%22%3A%22page_create_dialog%22%2C%22extra_data%22%3A[]%7D]&has_source=1
O Parque CienTec fica na Avenida Miguel Stéfano, 4.200,  Água Funda-SP.

CEP 04301-904.

O estacionamento situa-se em frente ao Zoológico.

O acesso pode ser feito pela entrada ao lado do estacionamento ou pela portaria principal.

 

Para quem vai de transporte público:
A 15 minutos da estação São Judas do Metrô, ônibus 4742-10, Jardim Clímax

ou, da estação Santos-Imigrantes, ônibus Jardim Zoológico.